Queda de cílios: entenda quando se torna grave

Queda de cílios: entenda quando se torna grave

A queda de cílios é algo absolutamente normal, desde que seja por causas fisiológicas, como, por exemplo, a troca de fios velhos por novos. Agora, uma queda de cílios em excesso pode ser preocupante, e estar relacionada a problemas de saúde, onde só um médico poderá identificá-lo. Continua a leitura e saiba mais!

Motivos que podem causar a queda de cílios

Muitas vezes não conseguimos identificar se nossos cílios estão caindo em excesso, diferentemente da facilidade em notar quando os cabelos, por exemplo, estão caindo além da conta. A queda de cilios se divide por dois motivos: fisiológicos ou patológicos. Quando o motivo é fisiológico não há com o que se preocupar, pois, é algo totalmente normal, onde fios mais velhos caem para os novos nascerem.

Entretanto, a patológica é causada por doenças como, por exemplo, a mais comum, a alopecia areata, um problema autoimune que pode surgir em qualquer parte do corpo que tenha pelos. Ainda assim existem outras causas patológicas como dermatite intensa causada por produtos inadequados nos cílios (por isso é importante sempre remover a maquiagem dos cílios), quimioterapia, distúrbios genéticos, problemas hormonais, entre outros.

Os fios podem cair também por motivos nutricionais, como, por exemplo, a deficiência de vitaminas do complexo B, E, zinco, selênio, vitamina D, ácido fólico, ferro, biotina, piridoxina e proteínas. Portanto, uma dieta rica pode ajudar na prevenção a queda. E, por fim, conforme envelhecemos nossos cílios caem mais, além de ficarem mais finos, do mesmo modo que ocorre com os cabelos.

Quando devo me preocupar com a queda de cílios?

Você provavelmente vai perceber quando a queda dos cílios está além do normal, geralmente falhas ficarão aparentes, impossíveis de passarem desapercebidas. Nós perdemos de 3 a 4 fios diariamente, esse é um número normal, e que não ocasiona falhas. O ciclo de vida dos fios dura em média de 90 a cem dias, composto por três fases:

  1. Fase de crescimento: anágena;
  2. Repouso: catágena;
  3. Queda: telógena.

Portanto, ao perceber que a queda está anormal, não espere e procure um dermatologista ou tricologista imediatamente, esse pode ser um sinal de problemas de saúde bem maiores. Agora, se você está passando por tratamento médico, como a quimioterapia ou problemas hormonais, por exemplo, pergunte a seu médico se a queda dos cílios está no esperado durante o tratamento.

Prevenção a queda de cilios

Se você está com problemas de queda de cílios e já consultou um profissional que comprovou que a queda não é por patologias clínicas, o problema pode estar relacionado a alguns hábitos diários. Primeiramente para evitar a queda e a quebra dos fios, evite o uso de rímel a prova de água diariamente, use-a apenas para ocasiões especiais.

Isso porque, a remoção da máscara a prova de água, é de difícil remoção, e isso pode ajudar a quebrar e causar a queda dos cílios. Por isso, prefira o rímel a base de água, que sai mais facilmente. Outro cuidado importante é evitar o uso diário do curvex, e se for usado, que seja apenas antes da máscara de cílios.

E, sobretudo, use demaquilantes para a remoção de resíduos de maquiagem como sombras, rímel, máscara e delineador. Por último, tenha cuidado com as extensões de cílios, pois, às vezes você pode ter alguma alergia a algum produto usado na hora do procedimento, como a cola, por exemplo, portanto, consulte um dermatologista antes de realizar a técnica.

Tratamentos para a queda de cilios

Atualmente existem tratamentos para os mais diversos motivos da queda dos cílios, como, por exemplo, o colírio à base de bimatoprosta, que estimula o nascimento e crescimento de novos fios. No entanto, esse tratamento só pode ser indicado por um dermatologista, já que existem contraindicações. Além disso, existem outros ativos importantes como o Capixyl, que estimula o folículo piloso, e os Fatores de Crescimento.

E, sobretudo, existem as fórmulas orais, a exemplo de substâncias como a Exsynutriment 600mg, usada para o fortalecimento de cabelos, fios dos cílios, e pelos, em geral. As fórmulas nutricionais ajudam muito no controle e combate a queda, mas, só podem ser receitadas por um médico, porém, você pode enriquecer sua dieta nutricional de forma natural, com verduras, legumes, grãos, sementes, e frutas.

Referências:

https://marcioatalla.com.br/vida-e-saude/entenda-quando-a-queda-dos-cilios-pode-ser-um-problema-e-como-tratar/amp/

https://www.metropoles.com/vida-e-estilo/beleza/saiba-quando-a-queda-dos-cilios-pode-ser-um-problema

 

Deixe um comentario

Observe que os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

✔️ Produto adicionado com sucesso.