Rímel faz mal para os olhos?

Rímel faz mal para os olhos?

O rímel causa um efeito de cílios mais alongado, volumoso e curvado, deixando o olhar mais bonito. Mas, será que o rímel faz mal para a saúde ocular?

A resposta é depende! Vamos explicar mais a seguir.

O rímel tem uma longa história, datado desde os tempos de Cleópatra. No entanto, o rímel industrializado que conhecemos, foi criado na década de 1960. O uso da máscara de cílios é um dos produtos indispensáveis na hora da maquiagem, no entanto, seu uso requer alguns cuidados para que a aplicação não prejudique a saúde dos nossos olhos. 

Rímel faz mal para a saúde ocular?

O rímel é um dos produtos mais perigosos da maquiagem. Sua textura líquida é aplicada bem próxima da área ocular, um local úmido, perfeito para bactérias, fungos, e micro-organismos. Os principais ingredientes do rímel são óleos, água, ceras, polímeros, pigmentos, agentes de tratamento e substâncias com funções específicas. 

Cada ingrediente tem uma função específica, por isso, escolher uma boa marca de máscara de cílios é fundamental para evitar o surgimento de alergias. Boas marcas de produtos geralmente garantem a qualidade dos ingredientes usados em sua formulação, evitando o aparecimento de problemas oculares, como a blefarite, por exemplo, que apresenta sintomas de ardência, vermelhidão, irritação e sensação de areia nos olhos.

Estes problemas tendem a ser confundidos com a conjuntivite, portanto, o ideal é procurar ajuda de um oftalmologista. Como precaução, você pode evitar o compartilhamento de itens de maquiagem, para assim, evitar riscos de contaminações. Nesse sentido, pessoas com olhos mais secos, pele sensível, doenças nas pálpebras, e uso de lentes de contato, também tem maior predisposição á reações alérgicas e irritações.

Portanto, escolher uma boa máscara de cílios de qualidade, fabricantes conhecidos de confiança, informações sobre a composição do rímel e tenha passado por testes dermatológicos e oftalmológicos, é essencial para evitar problemas oculares. Por fim, se atente a data de validade do rímel, pois, como é um produto que é reutilizado várias vezes, o ideal é seguir o prazo de validade ou trocá-lo a cada 3 meses, dessa forma evita-se o crescimento de microorganismos e contaminações.

Como retirar corretamente o rímel

O ideal para uma boa limpeza, é remover por completo a máscara de cílios, sem nenhum resíduo. Os produtos recomendados para a retirada da máscara são os demaquilantes bifásicos. Este produto contém óleos ou silicone em sua formulação, portanto, conseguem removem toda a maquiagem sem agredir ou danificar a pele e a região ocular, enquanto retira todos os resíduos.

Para retirar toda a máscara de cílios, incluso as que são a prova de água (as mais difíceis de sair), utilize o demaquilante bifásico em um chumaço de algodão, e passe com delicadeza na região dos olhos. Contudo, para as máscaras de cílios a prova de água, existem produtos mais específicos para sua remoção, por isso, consultar uma dermatologista para indicar o produto correto para o seu tipo de pele é o ideal.

O rímel faz mal para quem tem alongamento de cílios?

O uso do rímel não é indicado para quem faz alongamento de cílios, pois, além de desnecessário, a máscara pode diminuir a durabilidade da técnica, isso porque o efeito do alongamento de cílios propõe o efeito do rímel 24 horas, com cílios longos, curvados e cheios. Por isso antes de fazer seu alongamento, converse com a sua extensionista e fale sobre o que você realmente deseja como resultado, para que a técnica aplicada seja adequada, de forma que não tenha a necessidade do rímel.

Como você pôde observar, a aplicação de rímel se torna inútil para quem tem alongamento de cílios, com exceção de ocasiões especiais como festas e eventos, onde o uso do rímel está liberado. Contudo, o rímel não deve ser de base oleosa, e deverá ser aplicado apenas nas pontas dos cílios. Por último, se você utilizou o rímel no seu alongamento em alguma ocasião especial, na hora de retirá-lo tenha cuidado para não prejudicar sua extenção com o uso de removedores de maquiagem a base d´água.

Cinco dicas para evitar problemas com o uso do rímel

Nós separamos 8 cuidados básicos que você deve ter para evitar problemas oculares com o uso do rímel, além de mantê-los sempre lindos e saudáveis!

  1. Não compre qualquer rímel: evite marcas de rímel desconhecidas, principalmente as muito baratas. Geralmente essas marcas não trabalham com ingredientes de qualidade e nem fazem testes antialérgicos. Portanto, prefira marcas já conhecidas por sua qualidade;
  2. Não empreste seu rímel: sua máscara de cílios e outras maquiagens de uso ocular não devem ser compartilhados nunca com ninguém, pois, este hábito pode trazer riscos de infecções oculares e problemas mais graves. 

Por exemplo, se você empresta seu rímel para alguém que está com alguma infecção silenciosa ocular, isso dará origem a uma pequena colônia de micro-organismos no seu rímel, ou seja, você será contaminado.

Em casos de você estar em um salão de beleza, por exemplo, peça sempre o uso de pincéis descartáveis tanto para o rímel, quanto para outros produtos que vão próximos aos olhos;

  1. Apenas limpar o pincel do rímel, não adianta: o pincel do rímel é o meio de transporte das bactérias, e onde elas ficam é dentro do potinho da máscara, por isso, higieniza-lo depois que outra pessoa utilizou não te livra de possíveis contaminações. O ideal, é descartar o produto e comprar um novo;
  2. Atente-se ao prazo de validade: o tempo médio de validade de um rímel é de três meses, após esse período há chances do crescimento de micro-organismos e bactérias no recipiente;
  3. Não misture outros produtos no rímel:

Muitas mulheres misturam outros ingredientes á máscara, como, por exemplo, óleos como o de coco, amêndoas, rícino entre outros. Estes ingredientes são ótimos quando usados separadamente, quando misturados ao rímel, sua fórmula pode ser desestabilizada, dessa forma, perdendo suas propriedades e podendo causar alergias;

Rímel a prova d' água faz mal?

O rímel a prova de água é o mais difícil de retirar, esse é seu principal problema. Essa resistência pode gerar o acúmulo do produto, gerando problemas oculares mais graves. Por isso, o recomendável é o uso de máscaras solúveis á água, mais fáceis de retirá-las, agora, se você precisa de uma maquiagem mais duradoura, pode usar o rímel a prova de água sem problemas, apenas tome muito cuidado na hora de retirá-lo.

Na hora da remoção, utilize removedores específicos para a área dos olhos, como, por exemplo, demaquilantes com óleo em sua formulação, pois, seu uso faz com que ele saia com mais facilidade. Por fim, nunca use água, condicionadores de cabelo, ou sabonetes não adequados para sua remoção, pois, além de não removê-lo, fazem mal agredindo a pele e os cílios.

Fontes:

Sallve

Protetoresdapele

Deixe um comentario

Observe que os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

✔️ Produto adicionado com sucesso.