Formato do olho: veja quais os tipos e como identificar o seu

Formato do olho: veja quais os tipos e como identificar o seu

Muitas pessoas não sabem identificar o próprio formato do olho, mas, é bem fácil de identificar sozinho mesmo, basta se atentar a alguns detalhes! O formato do nosso olho pode mudar quando entramos na meia-idade e na velhice, devido às mudanças naturais que o nosso corpo sofre com o passar do tempo. Hoje vamos falar sobre o formato do olho, continue a leitura e descubra qual o seu!

Formato do olho: qual o seu?

Existem muitos formatos de olhos, cada um com uma característica própria, assim como os olhos mais voltados para baixo, outros mais para cima, semicerrados, grandes, pequenos, entre vários outros. Além dos diversos formatos, os olhos também possuem cores e tamanhos diferentes, e, seguindo esses diferentes formatos ficam mais fácil, por exemplo, de aplicar uma determinada sombra ou maquiagem que mais combine com seus olhos. Veja alguns dos formatos de olhos que existem:

  • Amendoados: há uma espécie de ruga visível na pálpebra e na íris, que toca a parte superior e inferior da pálpebra;
  • Encapuzados: a pálpebra parece menor nesse formato de olho, isso acontece porque existe uma camada extra de pele sobre a dobra, que fica mais caída;
  • Olhos profundos: esse tipo de olho faz com que o osso da sobrancelha pareça mais elevado, porque eles são mais profundos e maiores no crânio;
  • Olhos grandes: quem tem olhos grandes, tem o espaço entre eles maior do que a largura de um globo ocular;
  • Redondos: nos olhos arredondados existe uma ruga visível na pálpebra, onde a íris não toca a parte inferior da pálpebra;
  • Voltados para cima: este olho tem uma forma amendoada, e no canto externo, há uma elevação natural;
  • Voltados para baixo: nos cantos externos, este olho tem uma leve queda;
  • Próximos: os olhos mais próximos possuem um espaço entre eles menor que a largura de um globo ocular;
  • Protuberantes: as pálpebras parecem projetar-se para fora na área da órbita ocular;
  • Monólidos: esses olhos não têm muitas ou nenhuma ruga, e na superfície, eles são planos, bem comum entre os povos asiáticos.

O formato do olho muda com os anos?

Sim! O formato dos nossos olhos pode mudar com o passar dos anos, principalmente quando entramos na meia-idade ou velhice, assim como também podem mudar no caso de quem tem miopia, onde podem ficar mais longos.

Exceto em casos de presbiopia ou hipermetropia, que geralmente surge a partir dos 40 anos, os olhos não conseguem mais focar em objetos próximos, no entanto, não alteram seu formato.

E será que nossos olhos crescem quando vamos envelhecendo? Não! Os olhos não ficam maiores quando atingimos a meia-idade, eles só crescem durante a infância e adolescência. Por exemplo, quando nascemos nossos olhos geralmente têm 16,5 milímetros de diâmetro, ou seja, é pouco maior do que uma ervilha.

Logo depois, nos primeiros 2 anos de vida, eles vão ficando maiores, e posteriormente durante a puberdade, eles passam por outra fase de crescimento. Quando chegamos aproximadamente aos 20 anos, eles crescem completamente em cerca de 24 milímetros. Algumas das mudanças de formato do olho que podem surgir com os anos principalmente na meia-idade ou velhice são:

  • As pálpebras caírem;
  • Os olhos afundam para trás ou se projetam muito para a frente;
  • Pálpebras inferiores podem se voltar para dentro;
  • Seus olhos podem parecer inchados ou perde parte da capacidade de visão lateral;
  • Podem parecer amarelados ou castanhos, devido à alta exposição a luz ultravioleta, vento e poeira;
  • Mudança no pigmento ou tonalidade dos olhos;
  • Aparecimento de um ''anel branco-acinzentado nas bordas da córnea, devido a sais de cálcio ou colesterol alto.

Como saber o formato do meu olho?

Para identificar o formato do seu olho, é preciso se atentar a alguns detalhes, como, por exemplo, se você consegue ver alguma ruga acima da pálpebra, caso esta ruga não for visível, você tem olhos tipo monólidos. Se esta ruga for visível, se atente a outros detalhes, bem como:

Caso a parte colorida (íris do olho), tiver um pouco da parte branca do globo ocular aparecendo, e, a ruga estiver visível, seus olhos provavelmente são redondos. Agora, se os cantos externos do seu olho são voltados mais para baixo, seus olhos são mais caídos, com uma leve queda.

Assim também, se seus olhos têm uma elevação para cima nos cantos externos, eles são voltados para cima. Por fim, se nos seus olhos a íris consegue chegar as partes inferiores e superiores das pálpebras, e a ruga for visível, seus olhos são amendoados.

A mudança no formato do olho afeta a visão?

Em casos onde as pálpebras caem, pode ser que prejudiquem a visão. Esta condição é chamada ptose, onde a borda superior da pálpebra cai além do normal, e em casos graves pode cobrir parte ou totalmente a visão, prejudicando-a. Em alguns casos, a ptose pode afetar apenas um dos olhos, onde o olho afetado pode parecer menor do que realmente é. Nesse sentido, a ruga entre a sobrancelha e a pálpebra superior podem começar a diminuir.

E, caso a ptose cubra totalmente a pupila, isso pode obstruir total ou parcialmente a visão, fazendo com que toda vez que a pessoa tenha que olhar algo, tenha que levantar a sobrancelha, causando tensão e dores de cabeça. Mas, a ptose não surge apenas com o tempo ou devido a doenças musculares como, por exemplo, a miastenia gravis, ou por problemas nervosos, ela pode vir desde o nascimento também.

Portanto, seu tratamento vai depender da causa de seu surgimento, ou seja, se está relacionada a idade ou uma condição desde o nascimento. As opções de correção da ptose são através de cirurgias de correção. 

Fontes:

Pt

Blog.livo

 

Deixe um comentario

Observe que os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

✔️ Produto adicionado com sucesso.