Qual curvatura de cílios usar nas extensões

Qual curvatura de cílios usar nas extensões

Existem diferentes técnicas com diferentes tipos de curvatura de cílios, e cada uma possui um resultado diferente, agradando aos mais diversos gostos de suas clientes. Nesse sentido, cada curvatura de cílios tem sua própria função.

Entretanto, nem todas combinam com o tipo que a cliente quer ou acredita que fica bom para ela, portanto, o ideal é realizar o mapping de cílios. Continue a leitura e descubra quais os diferentes tipos de curvaturas e aprenda a escolher a ideal para você!

Quais as principais curvaturas de cílios

Cada curvatura de cílios cumpre uma função específica, mas, antes de mais nada, é preciso realizar um estudo ou mapping dos cílios da cliente. Muitas vezes a curvatura que a cliente gostou não combina com ela, portanto, este estudo é parte importante no alongamento de cílios.

Portanto, para escolher a curvatura ideal é preciso considerar o formato dos olhos, dessa forma, existem menos chances de erros. Por exemplo, para olhos baixos e cansados, o ideal são curvaturas maiores, com formatos C ou D, no entanto, o tamanho deve ser menor para não voltar toda atenção às pálpebras.

Independente da técnica, curvatura, espessura e tamanho, os fios sintéticos garantem uma mudança no olhar significativa, agradando suas clientes. As curvaturas mais conhecidas no mercado brasileiro são:

Tipo C:

Essa é uma curvatura parecida com a letra C, se caracterizando por uma abertura maior e mais alongada. Essa curvatura de cílios é indicada para quem quer um olhar marcante, expressivo, e com aspecto de ter acabado de passar rímel.

Tipo D:

O tipo de curvatura D é bem mais curvado e abertos, sendo um leque mais destacado que o tipo C, dando um efeito bem chamativo, com aspecto de cílios de boneca.

Curvatura de cílios mais usadas em outros países:

Tipo J:

Esse é um tipo de alongamento mais sutil e delicado, onde os fios são um pouco mais curvados que os cílios naturais, destacando o olhar com naturalidade. Esta curvatura é indicada para extensões clássicas.

Tipo B:

Tem uma envergadura mais reta, abrindo mais o olhar. Essa técnica é indicada para quem quer um resultado levemente mais marcante que no tipo J.

Tipo L:

Essa é a técnica considerada com a curvatura de cílios mais reta de todas, ideal para quem quer volume e tamanho, entretanto, é uma extensão pouco utilizada no Brasil.

Técnicas de extensões mais usadas:

Clássico fio a fio:

No alongamento de cílios fio a fio, é colocado apenas um fio sintético em cada cílio natural, com diversas espessuras e curvaturas de cílios. Assim, o clássico fio a fio dá um maior volume aos cílios, porém, com aspecto totalmente natural, ideal para as mulheres que querem um olhar mais destacado, porém, discreto e natural.

Volume russo:

No volume russo são colocados de três até dez fios sintéticos com curvaturas bem volumosas e destacadas para os cílios naturais. Esse tipo de curvatura de cílios é indicado para mulheres que não querem passar desapercebidas com seus cílios, que realmente querem chamar atenção através do olhar.

É indicada também para quem já teve extensão de cílios anteriormente, pois, devido ao seu grande volume de fios, é necessário certo costume com extensões para se adaptar melhor.

Híbrida:

Nesta técnica é feita a junção das técnicas volume russo e clássica fio a fio, com um resultado marcante do olhar, entretanto, não tão chamativo como no volume russo.

Como escolher a melhor curvatura de cílios

Os diferentes tipos de curvaturas de fios devem ser escolhidos sempre considerando algumas características de cada olhar, assim se escolhe a curvatura mais adequada. Confira alguns aspectos importantes para a escolha:

Olhos mais baixos:

Para olhos mais baixos e cansados, o ideal são fios com curvaturas maiores, como C ou D, no entanto, seu tamanho precisa ser menor, para assim não chamar tanta atenção às pálpebras.

Mulheres mais maduras:

Geralmente mulheres com mais de 40 anos querem mais naturalidade, por isso, o tipo indicado é o B, com tamanho mediano.

Olhos menores ou orientais:

O recomendado para esse tipo de olho é a técnica dos cílios de boneca, com fios mais alongados e espaçados, preferindo os fios mais longos nas pontas dos olhos e menores em seu canto inferior. Portanto, a curvatura tipo C é a mais adequada.

Olhos grandes:

Para este tipo de olhos é preciso cuidado, pois eles já se destacam naturalmente, portanto, a escolha depende unicamente do gosto pessoal da cliente e o efeito desejado. Por fim, a escolha correta da curvatura na hora do alongamento de cílios, irá depender dos conhecimentos e habilidades da extensionista, garantindo excelentes resultados.

No nosso site temos os melhores cílios para extensão com os mais variados tamanhos, curvaturas e espessuras! Entre em nossa loja online e escolha o seu tipo ideal! 

Fontes: 

Capricho

Beautyfair

Deixe um comentario

Observe que os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

✔️ Produto adicionado com sucesso.